O coordenador do Núcleo Criminal da Comissão de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia, Dr. Hugo Miguel, e a conselheira da OAB/ES, Dra. Juliana Pimentel, reuniram-se nesta quarta-feira (3) com o superintendente da Polícia Civil, Ícaro Ruginski.

Em pauta, estavam os crimes cibernéticos envolvendo escritórios de advocacia, que têm se tornado cada vez mais frequentes. Nesse tipo de golpe, os criminosos entram em contato com clientes dos escritórios solicitando transferências de valores para suas contas.

Uma cartilha com informações sobre como evitar esse tipo de golpe será elaborada e compartilhada com toda a advocacia em breve.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!